quinta-feira, 17 de abril de 2014

O Magnésio e a Depressão



 

Testemunho

O Cloreto de Magnésio P.A. e a Depressão


“Meu nome é César António de Paiva e tive a alguns anos atrás crises gravíssimas de depressão.
A situação chegou a tal ponto que tive que tomar muitos remédios para dormir, pois acordado a idéia de suicídio e de se matar era muito forte e impossível de combater só com o uso da minha vontade.
Em um desses dias em que acordei me sentindo melhor fui, em caráter de urgência visitar uma medica homeopata e sensitiva, de quem tinha ótimas referencias.
Ela me receitou na época injeções intra-cutâneas da Antroposofia que é um aprimoramento da homeopatia, cujo elemento principal era o magnésio.
Nessa época li uma reportagem cientifica na revista VEJA em que os cientistas atestavam que a depressão coincidia com a falta de magnésio no cérebro.
Então, como eu já conhecia o cloreto de magnésio (p.a.), tomei-o em doses duplicadas , ( até triplicadas ) juntamente com as injecções.
A crise passou totalmente e toda vez que ameaçava voltar era só tomar o cloreto de magnésio para manter tudo sobre controle.
Com o uso continuo e diário do cloreto de magnésio me curei totalmente deste mal terrível que acomete muitas pessoas nos dias atuais e cujo tratamento existente é muito custoso e na maioria das vezes precário, não levando a cura total, o que aconteceu com o uso prolongado e continuo do cloreto de magnésio.
Aproveito esta oportunidade para realçar o poder deste elemento na eliminação de dores nas costas.
Minha coluna é um “s” e sempre sofri muito com dores, tentando todo tipo de tratamento. Desde que comecei a usar o cloreto nunca mais tive tais dores que me impediam inclusive de trabalhar. (…)
Agradeço a oportunidade de me manifestar e contar minha experiência pessoal sobre o assunto.”
Cesar Antonio de Paiva
Fonte: http://solucoesperfeitasecriativas.ning.com/profiles/blogs/depoimentos-cloreto-de-magn-sio-p-a-10-09-2013
http://solucaoperfeita.com/magnesio/page/2
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).