sábado, 19 de abril de 2014

Sinais de deficiência de Zinco e o que Comer?

Não há duvidas de que o Homem tem avançado no conhecimento daquilo que compõe o corpo do Homem.
E um dos micronutrientes que nos compõem é o ZINCO.
Este amigo é pequeno, mas importante, veja que ele está presente em todas as células do nosso corpo. Ele ajuda a fortalecer as nossas defesas, a cicatrização, os problemas de pele, ajuda no desenvolvimento do feto, interfere no numero de espermatozoides, acentua nosso olfato e paladar, tem propriedades anti-inflamatórias, especialmente nas articulações e no interior das artérias. Está ligado ao metabolismo dos ovários, dos testículos e ao funcionamento do fígado.
Vimos assim que este nutriente tão pequeno tem varias funções, mas parece que o corpo não o armazena, logo temos de o ingerir regularmente.
Sabia que o zinco é mais importante para o homem que para a mulher? Porquê?
Porque o sémen tem 100 vezes mais zinco do que o sangue, logo quanto mais ativo sexual o homem for mais ele precisará de zinco.
SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA DE ZINCO
Diz-se que os primeiros sintomas de deficiência de zinco são a perda de paladar, baixa defesa imunológica e problemas de pele; outros são:
- As feridas demoram a cicatrizar
- Ter frequentemente constipações e todos os anos sofrer com elas
- Sentir que o paladar ou olfato estão diminuídos
- Não ter interesse na vida sexual
- Fadiga
- Falta de apetite
- Má absorção de alimentos
- Questões comportamentais e psiquiátricas
- Eczema, psoríase, acne
- Manchas brancas nas unhas
- Queda de cabelo
- Percentagem baixa de espermatozoide
- Impotência com níveis baixos de testosterona
- Problemas de próstata
- Jovens com menstruações muito atrasadas
ALIMENTOS RICOS EM ZINCO
A melhor maneira de suprimir as necessidades de zinco, é comer, digerir e absorver alimentos com zinco.
Se, você for a uma nutricionista diplomada ( não me estou a referir a todas, mas de uma forma generalizada), vai ser aconselhado a comer carnes vermelhas, aves, sardinhas, marisco e lacticínios, porque consideram que vindo de origem animal é mais bem absorvido.
Eu não concordo e jamais seria esta a minha recomendação.
Todos temos razão, todos respondemos ao porquê de seguirmos uma linha ou outra, portanto cabe a cada um de nós fazer a escolha.
Se você quiser seguir a linha verdadeira da Naturopatia, pode encontrar Zinco em muitos alimentos, como as amêndoas, castanhas, ervilhas, avelãs, raiz de gengibre, feijões, grão de bico,  aveia, nozes, centeio, nabos, nas lentilhas, nos figos secos, castanhas do pará, e nas grandes fornecedoras de zinco que são as sementes de abobora, por isso são elas são tão importantes para prevenir problemas na próstata.


Numa alimentação sem carne, deve-se comer sementes e frutos secos, sempre hidratados ( ficar de molho em agua por 8 h para inibir os fitatos que prejudicam a absorção), também pode acompanhar a sua salada com feijões, lentilhas, grão de bico e vai alternando, o mais importante é fazer bem a digestão, manter os sucos digestivos, ter uma boa temperatura intestinal (sem flatulências) e vai absorver o zinco lindamente.
Eu uso abóbora no seu suco matinal, e aproveito as sementes que vêm junto, trituro tudo, coo e aqui vai parte do meu zinco.
 
http://casadasaudenatural.blogspot.com.br/
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).