sábado, 19 de abril de 2014

Tratamento Natural da Gastrite

imagem copiada net
É uma ...ite no estomago.
Qualquer tecido do nosso corpo pode inflamar e neste caso a inflamação dá-se na mucosa do estomago.
Como em qualquer outra inflamação é um ai...ai...ai de sintomas como:
- Dor no abdómen superior
- Náuseas, vómitos e/ou azia
- Arrotos e inchaço no estomago
- Perda de peso.
- Em casos mais graves pode haver sangramento, com vómitos de sangue ou fezes negras.
O que causa a Gastrite?
A medicina convencional aponta como causa principal a bacteria - Helicobacter pylori - diz que ela infecta a mucosa do estomago e de tudo fazem para a destruir; penso que ela só vive e só se reproduz em determinados estomagos porque tem condições para isso.
Uma outra causa bem evidente, e que todos estamos de acordo, é que a toma prolongada de medicamentos provoca gastrite, principalmente os anti-inflamatórios, como por exemplo a aspirina e o ibuprofeno, por isso quase todas as pessoas que tomam medicamentos diariamente, também tomam o Omeprazole, para que o estomago "não reclame" da agressão a que é sujeito.
Tudo o que disse acima, e que é defendido pela medicina pode estar certo, mas para mim que defendo a Higiene Natural, tenho de ir mais longe.
Tudo o que acontece são reações de ações, com o nosso corpo não é diferente, a inflamação só se desenvolveu porque houve uma ação que a despontou, por isso não faz muito sentido, nem é de todo inteligente, ingerir-se medicamentos que não permitem a reação natural do estomago, isto é o estomago é agredido e não se pode manifestar, claro que isto vai dar problemas no futuro. O estomago vai deixar de digerir de forma adequada, o corpo não vai assimilar da melhor forma e os problemas vão por ai fora...
Para a Higiene Natural a principal causa da irritação da mucosa do estomago dá-se devido a alimentos indigestos como as carnes, peixes, queijos, álcool, café, condimentos irritantes, comidas processadas, comidas muito frias (gelados, agua fria do frigorifico), ou muito quentes (café em chávena escaldada), misturas alimentares, comer de 2 em 2 horas e não permitir o esvaziamento do estomago da ultima refeição, comer com pressa, comer a ouvir noticias, entre outros fatores.
O processo digestivo é tão importante, que quase podiamos dizer que o drama da existencia humana reside no drama da digestão; claro que me estou a referir a digestões dificeis e mal feitas que levam a dispepsias, a acidificações, á produção de mais radicais livres, a obstruções gastrointestinais  e muitas vezes a um jejum obrigatório das nossas células que não recebem o alimento devido.
O mal-estar é a informação de que temos feito coisas erradas e que precisamos urgentemente mudar, mudar de caminho, mudar de direção, mudar de alimentos; sufocar os sintomas não vai mudar o problema, vai por um tempo deixar de incomodar, mas como não é resolvido vai surgir noutro lado, ou com mais intensidade.
Por isso é necessário tomar decisões corajosas e ajudar a nossa maquina a funcionar de acordo com ela; se não fizermos isto, não há santo que nos valha.
Tratamento
O tratamento depende daquilo que queremos tratar, se o incomodo que a inflamação do estomago nos dá, se a causa que produz a inflamação.
- Se a dor ocorrer após ter comido, o melhor é aplicar uma toalha molhada em agua bem quente sobre a zona do estomago e uma toalha seca em cima. Mudar assim que esfria.
- Um excelente remedio é o suco de couve.
Coloca-se num liquidificador 2 maçãs e 1 ou 2 folhas de couve, pode juntar um pouco de agua para ajudar a helice. Bater. Coar num paninho e beber. Deve beber devagar e em jejum.
- Esqueça a maior parte do que tem comido até agora, não toque em carne, em peixe, em lacteos, em café, em acucar. O pão? bem,... o pão depende, se for de boa qualidade, não cozido a microndas, se for pão como se fazia à 50 anos atrás, sim pode comer bem mastigado.
- Beber suco de batata. Tritura 1 a 2 batatas no liquidificador e coa. Este remedio caseiro serve para amenizar as dores causadas pela gastrite porque diminui a cidez do estomago, assim como a sensação de queimo, azia e dor. É eficaz na gastrite nervosa, aguda e cronica.
- O chá de Salsa, de Camomila, de Erva-cidreira, Erva-doce, de Erva de São Roberto, Malva, Gengibre, são boas opções a beber.
- Tanto na gastrite aguda e principalmente na crónica é importante o suco de beterraba. No liquidificador coloca 1 beterraba e 2 maçãs, tritura, coa e bebe. Outra opção para fazer o suco é usar uma centrifugadora.
- Há quem defenda que o suco de cenoura feito e bebido em jejum por um longo período cura totalmente a gastrite.
- Se junto com a gastrite tem um quadro de anemia, há toda a vantagem em tomar o suco verde, e pode fazer misturando, maçã, beterraba, cenoura, couve ou outras folhas verdes, spirulina e chlorela.
- Se tiver vómitos e náuseas é de todo aconselhado tomar alcachofra e boldo.
- Nas gastrites cronicas, convém tomar suco de 1 limão misturado com um pouco de agua em jejum. Tomar 8 a 10 dias em cada mês.
- Sementes de Feno-grego. Triturar as sementes e tomar meia colher de café com 1 copo de agua, 2 X ao dia. Estudos indicam que é um grande anti-ulceroso. Trata as mucosas digestivas devido ás suas propriedades emolientes, estas propriedades devem-se a polisacáridos e flavonoides que as sementes têm.
Exemplo de um dia alimentar para uma pessoa com sintomas de gastrite:
- Em jejum deve beber 1 copo de agua devagar.
- Beber 1 copo de suco verde, ou outro suco.
- Durante a manhã deve comer unicamente fruta madura e bem mastigada.
 Uma fruta muito boa para o estomago é a papaia.

- Almoço: Salada, cenoura e beterraba ralada, arroz integral cozido (pode substituir por massa integral, por quinoa, trigo-sarraceno, por leguminosas), pode juntar vegetais crucíferos que são muito bons para o aparelho digestivo, como brócolos, nabo, couve-flor, podem ser cozidos mas mal ou no vapor.
Junto com o almoço pode ir bebericando meia chávena de chá de gengibre, que vai ajudar na digestão.

- De tarde, voltamos à fruta. Uma única fruta e não salada de frutas.

- Jantar: sopa, que pode e deve incluir batata (comprar de produtores particulares) com legumes, no entanto não deve ultrapassar 4 ingredientes e feita no dia.  Comer devagar e mastigar cada colherada, pode juntar 1 a 2 fatias de pão.

Se sentir falta do leite, substitua por leite de amêndoas, veja como fazer aqui
- Durante a tarde e ao deitar deve beber as infusões citadas acima, descubra aquela que lhe assenta melhor.

Um dos recursos incomparáveis é aplicação de cataplasma de argila sobre o estomago e todo o aparelho digestivo durante a noite.


Mais importante, é se consciencializar no caminho da cura, no caminho de não-agredir o corpo, de não ir contra ele e como disse Leonardo Da Vinci "aprenda a não curar a doença, mas sim a manter a Saúde."
casadasaudenatural.blogspot.com.b
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).