terça-feira, 29 de julho de 2014

Receitas naturais para tratar azia, que pode aumentar risco de câncer de garganta


A azia pode aumentar o risco de uma pessoa desenvolver câncer de garganta, segundo um estudo publicado na revista Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention.

De acordo com a pesquisa, pessoas com uma história de azia frequente apresentam um risco 78% maior de desenvolver câncer nas cordas vocais ou na garganta.

Uma das causas da azia é a gastrite.



A gastrite é uma inflamação da mucosa do estômago.

Seus sintomas mais comuns são a dor e a azia.

Se o doente não se cuidar, pode haver agravamento dos sintomas, inclusive com sangramento digestivo.

O bom é que existe cura para a azia e a gastrite pela medicina natural.

O primeiro passo para conseguir isso é adotar uma dieta especial.

Não é recomendado o consumo de bebidas alcoólicas; café; leite e derivados; temperos, como pimenta; alimentos ácidos, como laranja e abacaxi; alimentos ricos em fibras, como granola; frituras; chocolate e doces pastosos ou industrializados.

No lugar deles, entram os pratos de verduras e cereais cozidos, as carnes grelhadas levemente temperadas e muita fruta fresca.

Devem ser feitas refeições regulares e equilibradas.

Comer devagar e mastigando bem os alimentos.

Remédios caseiros

- Sumo de batata-inglesa

Descascar uma batata-inglesa, ralar e depois espremer até sair o leite.

Tomar uma colher em jejum ou trinta minutos antes das refeições.

Esse sumo também pode ser consumido quando a pessoa sentir os incômodos da gastrite, pois alivia imediatamente os sintomas.

Para azia: tomar durante uma semana.

Para gastrite: tomar durante duas semanas.

Para úlcera: tomar durante um mês.

- Suco de couve

Ingredientes:

Couve

Água

Açúcar mascavo

Modo de preparo:

Liquidifique a couve com a quantidade de água que você quiser, coe o suco em uma jarra, adoce e beba em seguida.

Beba esse suco em jejum ou meia hora antes das refeições.

- Chá de espinheira-santa

Ingredientes:

1 colher de sobremesa de folhas secas de espinheira-santa

1 xícara chá de água

Modo de preparo:

Ferva a água e despeje-a sobre as folhas de espinheira-santa rasgadas em pedaços pequenos.

Abafe a mistura e deixe descansar por alguns minutos.

Depois que amornar, coe o chá e tome em seguida.

Tome uma xícara antes das refeições principais para proteger o aparelho digestivo e evitar a acidez estomacal.
Cuidados

Grávidas devem evitar tomar o chá de espinheira-santa, pois ele provoca contrações no útero, o que pode levar ao aborto.
Cardápio para quem sofre de azia e gastrite

Café da manhã:
- 1 copo de suco – 1 maçã batida com 1 folha de couve + folhinhas de hortelã + 1 pedaço pequeno de gengibre + água + 1 colher de sopa de linhaça dourada (bata tudo no liquidificador)

- 2 fatias de pão integral com pasta de tofu

Lanche da manhã:

- 1 xícara de chá de hortelã

- Meio mamão-papaia com 1 colher de farelo de aveia

Almoço:

- Salada crua à vontade priorizando vegetais verde-escuros

- 1 colher de azeite de oliva extravirgem para temperar

- 2 colheres de sopa de brócolis cozidos

- 3 colheres de sopa de arroz integral

- 1 posta de peixe grelhado ou assado no forno

Lanche da tarde:

- 1 xícara de chá de alecrim

- 2 torradas integrais com de tahine (pasta de gergelim) e geleia de frutas sem açúcar.

Jantar:

- Sopa de legumes com um ovo cozido

Antes de dormir:

- Uma maçã sem casca. - See more at: http://www.curapelanatureza.com.br/2014/02/receitas-naturais-para-tratar-azia-que.html#sthash.ZUvqR0F3.dpuf
http://www.curapelanatureza.com.br/2014/02/receitas-naturais-para-tratar-azia-que.html
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).