segunda-feira, 28 de julho de 2014

Saiba como fazer e usar a água de arroz para melhorar sua pele

Esta receita é do tempo da vovó.

Há muito tempo a água de arroz é usada para melhorar a qualidade da pele do rosto.

Em alguns países, é uma receita muito popular.

No Japão, por exemplo, é um hábito comum as mulheres lavarem o rosto com água de arroz.

Coincidência ou não, as japonesas são famosas por sua pele macia e sem imperfeições.



Por que a água de arroz funciona?

Possivelmente pelos nutrientes do arroz, rico nas vitaminas E, B1 e B2.

O efeito da água de arroz na pele é de limpeza, desintoxicação, hidratação e clareamento.

É muito simples preparar e usar a água de arroz.

Ponha três colheres (sopa) de arroz num pote e cubra com 250 mL de água.

Deixe descansar por alguns minutos.

Mexa a mistura e, assim que a água estiver esbranquiçada, estará pronta para o uso.

Então limpe a pele do rosto com o sabonete de costume.

Aplique com algodão em todo o rosto, pescoço e colo, iniciando pela testa.

O ideal é que seja aplicada antes de dormir e reaplicada pela manhã, antes de passar o protetor solar.

Existe outra forma de preparar a água de arroz: coloca-se uma xícara de arroz em uma panela e cobre-se com água, dois dedos acima dos grãos.

Em fogo baixo, mexendo de vez em quando, cozinha-se o arroz até que a água fique branca.

Coa-se e reserva-se a água do arroz e (pode-se utilizar os grãos para alimentação).

Espere esfriar e aplique no rosto como explicado acima.

Você também pode usar esta água de arroz que passou por fervura para tratar casos de diarreia ou gastrenterite.

Beba-a e, se quiser, ponha uma pitada de sal, pois isso ajuda a melhorar o sabor.

O uso de sal é especialmente indicado quando a água for servida a crianças para facilitar o consumo por elas. - See more at: http://www.curapelanatureza.com.br/2014/07/saiba-como-fazer-e-usar-agua-de-arroz.html#sthash.YknLf9sP.dpuf
http://www.curapelanatureza.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).