quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Depressão....Normalmente o tratamento de um quadro depressivo envolve três fases:



ansiedadeEvolução com o tratamento

Normalmente o tratamento de um quadro depressivo envolve três fases:
  1. Fase inicial – Na fase aguda, o objetivo central é a remissão dos sintomas, através da resposta do tratamento farmacológico. Essa fase dura algumas semanas, tempo necessário para que a medicação, comece a fazer efeito.
  2. Fase de continuação – Esta melhora inicial na fase aguda não implica que o paciente esteja livre do risco de uma recaida. Sendo assim, é necessário continuar com a medicação por alguns meses para que a recuperação seja consolidada.
  3. Fase de manutenção – Finalmente, após a fase de continuação uma vez recuperado a normalidade, seu médico irá avaliar se é necessário realizar um tratamento de manutenção, mantendo a medicação por um período mais prolongado, dependendo do risco de novos episódios (recorrências).
O que o paciente pode fazer:
- Ter paciência com ele mesmo, sobretudo na fase inicial do tratamento, quando pode levar um certo tempo (de 2-4semanas) para começar a melhorar.
- Confiar na aliança terapêutica com seu médico, executando suas recomendações.
O que a família pode fazer para auxiliar o paciente:
- Apoiá-lo durante o seu sofrimento, proporcionando carinho, compreesão e paciência, sobretudo nas fases iniciais do tratamento.
- Aceita-lo, respeitando sua realidade e evitando procurar possíveis causas e meios imediatos de solucioná-las.
- Conscientizar-se que a cura da depressão não depende da vontade do indivíduo. Conselhos do tipo “vá distrair-se” ou ” você tem que se esforçar para melhorar” são ineficientes, sendo algumas vezes, até prejudiciais.
- Auxiliá-lo a cumprir as recomendações do médico.
Medicina Pratica
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).