domingo, 3 de agosto de 2014

Dicas para você alcalinizar seu corpo

 A alcalinização do corpo, segundo pesquisadores como o médico Ph.D Robert O. Young, é o fator mais importante para termos saúde.

De acordo com dr. Robert O. Young, se mantivermos nosso corpo com um pH alcalino entre 7,3 e 7,4, nos manteremos livres de enfermidades.

Por isso apresentaremos agora algumas dicas que vão ajudar você a alcalinizar seu corpo.


Mas antes vamos explicar o que significa "alcalinização", pois esse termo talvez deixe você confuso.

Acompanhe.

Nosso corpo abriga uma grande quantidade de bactérias e fungos, que vivem, crescem e sobrevivem em harmonia quando estamos comendo e vivendo de modo saudável

Essa harmonia, porém é alterada quando o meio ambiente onde vive esses seres - nosso corpo - é mudado.

A alteração desse meio é fomentada por dietas ricas em açúcar ou em hidratos de carbono, também por água e ar contaminados, ou pela destruição de nossa flora intestinal, causada pelo uso de antibióticos ou outros medicamentos (quimioterapia).

As bactérias e fungos se alimentam das mesmas substâncias de que se alimenta o nosso cérebro.

Quando ingerimos em excesso alimentos ricos em açúcares, também estamos alimentando em excesso as bactérias e fungos, que crescem e se multiplicam desproporcionadamente.

O consumo de substâncias por essa excessiva população faz com que o cérebro não receba suficiente alimento, e como o cérebro é quem manda, imediatamente emite as ordens reclamando sua ração. É quando sentimos a urgência de correr para ingerir algo doce, hidratos de carbono (se convertem em glucose) ou álcool.

Começa assim o círculo vicioso: ao ingerirmos mais, cresce a provisão de açúcares e, consequentemente, se multiplicam as bactérias e fungos; essa população em crescimento reclama mais alimentos, sentimos a necessidade de ingerir mais e mais.

Ocorre que, assim como as bactérias e fungos obtêm seu alimento de nosso sangue, também jogam nele seus desperdícios, toxinas que tornam cada vez mais ácido o meio e com o tempo chegam a “envenenar” os tecidos.

Para poder processar as toxinas, o fígado as converte em álcool (ácido) e esse excesso de álcool em nosso organismo produz uma sensação como a de estar bêbado, mareado, desorientado, mentalmente confundido.

A acumulação excessiva de bactérias e fungos reduz a provisão de potássio e magnésio do corpo com a consequente redução da energia celular, que provoca fadiga em excesso, redução das forças e da clareza de pensamento, acaba o entusiasmo, a ambição, a histamina; causa a liberação de radicais livres, os quais são coadjuvantes do processo de envelhecimento.

Outros sintomas de acumulação de bactérias e fungos são ataques de pânico, ansiedade, depressão, irritabilidade, dores de cabeça, dores nas articulações, inflamação nas vias respiratórias, sinusite, stress glandular e problemas menstruais.

Em diferentes estudos científicos (Dr. Gunther Enderlein, da Alemanha; Dr. Robert Young, dos EUA; Dr. Federico Ituarte, da Argentina; e outros) analisando as células vivas do sangue, observou-se que formas de bactérias que vivem em nosso organismo (algumas inclusive trabalham ajudando o corpo), dependendo do meio em que se desenvolvem, às vezes crescem e se alargam, tornando-se patógenas, em alguns casos, mudando de “bactéria” para “fungo”. Muitos estudos científicos coincidiram em que as bactérias e fungos podem chegar a causar enfermidades quando se lhes permite desenvolver-se em um terreno doentio (ácido).

Pouco sabemos, porém a acidez no pH dos tecidos de nosso corpo deve ser o selo distintivo do câncer e de outros desequilíbrios da saúde, como enfermidades cardiovasculares, problemas cerebrovasculares, patologias dos rins, transtornos inflamatórios e enfermidades do pulmão.

Tais estudos concluem que as células saudáveis são alcalinas; um ambiente ácido contém menos oxigênio que um ambiente alcalino; as células saudáveis morrem em um ambiente ácido, enquanto as células cancerosas morrem em um ambiente ALCALINO.

E sugerem que todo tratamento contra o câncer deveria começar mudando o ambiente ácido por um ambiente alcalino.

O investigador Sang Whang, com 50 anos de experiência no estudo do balanço ácido-alcalino, sustenta que é o excesso de ácido em nosso corpo que cultiva o câncer.

Dr. Robert O. Young, atualmente o microbiólogo mais reconhecido mundialmente, assim como muitos cientistas, diz que “a enfermidade é a expressão de um excesso de ácidos no corpo humano”. Robert O. Young é doutor em medicina, microbiologia e nutrição e há 30 anos realiza análises de sangue. Sua investigação sobre o câncer foi validada por um estudo científico britânico. Diariamente, atende 14 pacientes em seu centro “Milagroso pH”, localizado perto de San Diego, CA. Seu protocolo de “Estilo de Vida Alcalino” conta com 100% de efetividade em quem o aplicou e conseguiu vencer um sem-número de enfermidades metabólicas. Dr. Young, criador do conceito da “Nova Biologia”, é autor de reconhecidos best sellers “El Milagroso pH”, “Enfermo y Cansado”, “El Milagroso pH para Diabetes”, “El Milagroso pH para Perder Peso” e “El Milagroso pH para el Cancer”.

Dr. Robert O. Young sustenta que nosso organismo fabrica e utiliza bicarbonato de sódio como um sistema natural para manter o desenho alcalino para prevenir a degeneração do tecido (recordemos o característico sabor do bicarbonato que muitas vezes sentimos na boca antes do vômito). A hiperalcalinização dos tecidos corporais com bicarbonato de sódio é a maneira mais segura, eficaz e natural para frear qualquer condição cancerosa e muitas enfermidades e processos inflamatórios.

Por anos, Dr. Tullio Simmoncini, oncólogo italiano, esteve tratando o câncer e destruindo tumores mediante o uso de bicarbonato de sódio. Dr. Simmoncini diz que o bicarbonato de sódio é um remédio seguro, extremamente barato e inegavelmente efetivo quando se trata de tecidos cancerosos. A maioria de nós inicia a vida como seres sãos. Conforme envelhecemos, e em grande parte por causa de nossos estilos de vida pouco saudáveis, bactérias e fungos se acumulam constantemente em nosso organismo, rompendo o equilíbrio saudável em um círculo vicioso cada vez mais grave. As bactérias e fungos envenenam, estressam e debilitam nosso sistema imunológico. Está comprovado que a maioria das enfermidades imunológicas e das condições infecciosas é causada ou piorada pela presença de bactérias e fungos.

Dr. Robert Young diz que uma adequada provisão destes quatro sais de bicarbonato é a melhor proteção contra o envelhecimento e toda enfermidade, incluindo o câncer. Melhoram o rendimento atlético e, ao melhorar a saúde em geral, melhoram também o estado de ânimo e as energias: “Durante anos, tenho observado o impacto que provoca aquilo que ingerimos no delicado balanço do pH de nosso sangue. Através de minhas investigações comprovei que a combinação de 4 maravilhosos sais de bicarbonato (sódio, magnésio, potássio e cálcio) ocorre naturalmente em todos os fluidos de um corpo são, com o propósito de manter o balanço alcalino-ácido natural e atuando como antioxidantes, que retardam o processo de envelhecimento. Durante os Jogos Olímpicos de Pequim, vários dos principais atletas melhoraram seu rendimento e inclusive romperam alguns recordes ingerindo 1 colher de bicarbonato de sódio”.

Para frear o envelhecimento e recuperar a saúde, é necessário acabar com o dano do ácido nas células mediante uma dieta alcalinizante. É hora de fazer as mudanças necessárias em nosso estilo de vida para que nosso corpo volte a um estado de equilíbrio e harmonia.

DICAS PARA VOCÊ ALCALINIZAR O CORPO

Beba ao menos um litro de água por dia ao qual tenha agregado uma colher de sopa de bicarbonato de sódio. Isso ajudará a enxugar seu sistema e a liberá-lo da acidez acumulada.

Para solucionar casos de pneumonia, asma, sinusite, faça nebulizações de água com duas gotas de bicarbonato de sódio líquido duas ou três vezes por dia.

Para prevenir a acumulação de bactérias na boca, faça bochechos com uma mistura de uma colher de chá de bicarbonato de sódio em um copo d’água.

Para eliminar os resíduos químicos de seu cabelo, agregue uma colherinha de bicarbonato de sódio a seu frasco de xampu.

Para combater os efeitos de uma ingestão ácida, beba antes ou depois dela um copo d’água com uma colher de chá de bicarbonato de sódio ou duas colheres caso se exceda com o álcool.

Intensifique o consumo de frutas como abacate, limão, laranja, maçã, mamão, melão e melancia.

Faça o mesmo com folhas como: agrião, salsa, rúcula, aipo, salsão e couve, sempre cruas.

Brócolis, couve-flor, cebola, cenoura, alho e rabanete também devem compor o cardápio com frequência.



Fonte: livro "The pH Miracle", de Robert O. Young

NOTA DA REDAÇÃO:

Aqui no Brasil existem purificadores que alcalinizam a água. Experimentamos alguns, mas todos apresentaram imperfeições, falhas de projeto, apesar de alcalinizar a água. Conclusão: ainda não existe no mercado nacional um bom purificador de água alcalina.

http://www.curapelanatureza.com.br/2014/02/dicas-para-voce-alcalinizar-seu-corpo.html#sthash.BLwhiUmq.dpuf
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).