quarta-feira, 13 de agosto de 2014

INFECÇÃO URINÁRIA E INFECÇÃO NOS RINS

figura infecção urináriaPara entender como tratar a infecção urinária e infecção dos rins, é preciso que leia nosso artigo: Naturopatia, o que é? deste site e quando entender que doença são toxinas que estão saindo do corpo de uma maneira menos confortável, verá a necessidade de fazer uma mudança alimentar como explicamos no artigo: O que comer, o que não comer.Também perceberá facilmente a necessidade de fazer o clister, isto é, a lavagem intestinal completa, também chamada hidrocólon.

Além disso, pode fazer aplicação de argila em todo o abdome  e no caso de ter infecção renal, aplicar não só no abdome, mas também nas costas, na área dos rins.
Para infecção urinária, tomar 2 copos de suco de Mirtilo (um pela manhã e outro à tarde) e beber muita água.
Nossos rins adoecem se não bebermos água. O ideal para qualquer pessoa é beber 8 copos diariamente.
O suco de melancia batido com semente e coado funciona como antiinflamatório.
Higienizar as partes íntimas é fundamental para a cura de infecção urinária.
Atenção: um alimento equilibrado em nutrientes, mas se este é artificial, não vai trazer bons resultados, pois toda vez que nosso corpo tem uma substância que é sintética, isto é, que não é natural, vai querer expulsar, assim só sobrecarrega o organismo e diminui a energia vital.
É a energia vital que cura, que transcende os alimentos e poucos acadêmicos da área de saúde a conhece, o que é lamentável.
Com estas dicas, você pode curar uma infecção urinária e uma infecção renal.
Viu como é simples? Agora ponha em prática.
Suzete é Naturopata, Iridóloga e Instrutora dos Exercícios Visuais. Autora do livro: Cuide de Seus Olhos
Contato: suzete@saudeintegral.com
Sites: www.saudeintegral.com, www.iridologiasp.com.br e www.metodobates.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).