quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Glaucoma: tratamento natural




No glaucoma, a pressão intraocular aumenta porque os canais da drenagem do olho estão congestionados. Esse acúmulo do líquido nos olhos pode danificar a retina e o nervo ótico. À medida que o glaucoma aumenta, perde-se parte da visão.

A medicina convencional geralmente recomenda colírio para baixar a pressão ocular, pois não encontra meios de evitar os danos ao nervo ou à retina, a fim de preservar a visão. Esses colírios, na maioria das vezes, irritam os olhos e deixam a visão turva.

Ao contrário da medicina convencional, que não busca a CAUSA da doença, mas trata apenas OS SINTOMAS, a medicina natural relaciona o glaucoma sobretudo a problemas no fígado, na bexiga, na vesícula e no estômago. Nesse caso, indicam-se acupuntura, suplementos alimentares e ervas.

Como o glaucoma é muito sério, os adeptos da medicina natural devem procurar um médico naturalista e um acupuntor, que deve estimular pontos específicos, como os mostrados a seguir.


COMO TRATAR O GLAUCOMA

Acupuntura - pontos a serem trabalhados

IG-1
E-2
E-6
B-8
B-67
VB-3
VB-14
F-3
F-9
VG-11
GB-1
GB-20
GB-21
GB-30
GB-37
GB-40
GB-43
UB-2
UB-64
UB-67
ST-2
ST-36
ST-41
Suplementos e ervas
Uma dose elevada de óleo de fígado de bacalhau (6.000-9.000 IU ao dia), clorela e esqualene.
Ginseng, astrágalo, ginkgo biloba, unha-de-gato, cravo-da-índia, chapéu-de-couro, raiz de lótus, pariparoba e gervão-roxo.
Para ajudar no controle da pressão ocular, usar colírio feito com sementes de romã e lavar os olhos com chá da folha de romã. Veja aqui como fazer o colírio de romã.http://www.curapelanatureza.com.br/2008/04/glaucoma-tratamento-natural.html#sthash.yszl6LSf.dpuf
Reações:

2 comentários:

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).