domingo, 15 de fevereiro de 2015

Scanners corporais de aeroportos emitem 20 vezes mais radiação do que se imaginava


Scanners de corpo inteiro nos aeroportos poderão aumentar o risco de câncer de pele, alertam os especialistas. As máquinas de raios-X foram trazidos em Manchester, Gatwick e Heathrow. Mas os cientistas dizem que a radiação dos scanners tem sido subestimada e pode ser particularmente perigosa para as crianças.

Dizem que o feixe de baixo nível emite uma pequena dose de radiação para o corpo, mas porque o feixe se concentra sobre a pele - um dos órgãos mais sensíveis à radiação do corpo humano - a dose pode ser até 20 vezes maior do que era estimado.


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).