segunda-feira, 30 de maio de 2016

Babosa é um ótimo hidratante capilar e rejuvenescedor da pele facial


Babosa é um ótimo hidratante capilar e rejuvenescedor da pele facial
Slide3
Eis uma receita de uma boa hidratação capilar. O melhor muito fácil de ser feita e o custo e praticamente zero, principalmente de você tiver no quintal de casa um pé de aloe vera, ou babosa, como é mais conhecido popularmente. Rica em vitaminas A, B1, B2, B3 e B6, a babosa ainda contém 10 minerais e 20 aminoácidos essenciais da vida humana. Esta é uma receita conhecidas há milhares de anos, já comprova pela sabedoria popular, muito usada pelas mulheres hindus.  Segue o passo a passo, da colheita da babosa até a forma de usá-la no cabelo.
Os poderes da babosa não se discutem, mesmo assim, realizei um teste para comprovar se realmente ela apresentava o resultado que interessava. Como tenho um pé de babosa no quintal, peguei duas folhas e fiz a colheita do seu gel. A babosa é uma planta muito fácil de ser cultivada em casa, podendo ser no quintal, ou mesmo dentro de um pequeno jarro. A exigência é que ela esteja num lugar em que recebe boa quantidade de raios solares.

Como extrair o gel da babosa para a hidratação

Quanto a colheita de seu gel é muito fácil. Ao extrair a folha com uma faca de mesa, corta-se a pontinha e retira um filete em toda a extensão da lateral. Em seguida, com uma colher de sopa, você tira todo o gel e põe num depósito,  que pode ser guardado na geladeira.
A babosa tem sido algo de muito ataques por ser uma planta tóxica. Porém, é bom lembrar que sua toxicidade se concentra na casca que envolve o gel. Assim, não se recomenda seu uso triturado, mas sim, a extração deste gel manualmente descartando a parte mais sólido da folha.
Depois de retirada o gel, colocá-lo no liquidificador e adicionar 100 ml de água, Em seguida bater e passar todo o gel na cabeça, massageando em todos os sentidos. Pode deixá-lo tocar no couro cabelo. Isto não vai ter problema, e, pelo contrário, em caso de alguma lesão no couro cabelo, a babosa vai contribuir para a sua cicatrização. Vale lembrar que a babosa é muito recomendada no combate da seborreia e caspa também.

O gel pode ser usado também na hidratação da pele

Se sobrar um pouco do gel, ele pode ser passado diretamente na pele. A babosa também trata da pele sendo recomendado para quem tem acne, ou teve a pele facial  agredida por poeiras, sol e a química presente nos cosméticos. O gel natural da babosa é incolor e tem um cheiro fraco. Ao passar no rosto sente pequenas “picadas”, mas não se espante, porque é exatamente os agentes ativos trabalhando na remoção das impurezas.
Cabelo hidratado com babosa 
O resultado final foi excelente para o estado em que se encontrava o cabelo antes da primeira hidratação. A modelo escolhido era uma pessoa que estava com os cabelos bastantes agredidos devidos sucessivas chapinhas e o uso de produtos de má qualidade. Não vou citar a marca por questões éticas. Mas, era um produto comercial muito fraco, cujo poder de hidratação não era suficiente para recompor a massa capilar perdida e as escamas (cutículas) estavam visivelmente abertas, apresentando um cabelo opaco e quebradiço.

Passo a passo
1) Lavar o cabelo com shampoo
2) INGREDIENTES
1 folha de aloe vera (bom tamanho)
1 copo de 100 ml de água filtrada
3) Preparo
3.1 Adicionar o gel da babosa e a água no liquidificador.
3.2 Bater até que o gel e agua estejam homogêneo
4. Por na cabeça massageando até o couro cabeludo
5. Por a touca e deixá-lo agir por 30 minutos
Finalização. Lavar o cabelo até retirar toda babosa, usar um condicionador ou um selador de cutículas Deixá-lo secar naturalmente ou com o secador em baixa temperatura.
Esta hidratação pode ser feita a cada 15 dias.
BABOSA E A PELE
Da mesma forma que a babosa é muito usada no tratamente capilar, a mesma coisa acontece no tratamento da pele. Isto porque seu gel tem poder acelerador e regenerativo das células da pele. Seus princípios ativos ja foram comprovados em laboratório e por este motivo  a planta é muito utilizada em cremes, loções, pomadas. Seu  gel  também é usado contra queimaduras de sol e loções bronzeadoras.
Segue uma receita para hidratar a pele recomendada por vários esteticista que trabalham com a cosmética natural:
1 banana, uma
1folha de babosa,
1colher de chá de mel,
1 colher de chá de óleo de girasssol
1 colher de chá de amido de milho.
PREPARO – Comece amassando a banana com  um garfo, em seguida inclua a babosa também a amassando, acrescente o mel, o óleo de milho e por último o amido de milho, mexendo tudo até obter um mingau grosso.
Depois que o produto estiver pronto aplique na pele do rosto limpo e deixe agir por 30 minutos. Ao término do tempo, retire o creme lavando o rosto em água fria, para potencializar seu efeito aplique um creme nutritivo. A máscara pode ser aplicada 3 vezes por semana, e assim você vai sentir sua pele macia, hidratada e rejuvenescida. O melhor, tudo a um custo bastante baixo e de forma bem natural.
ÓLEO NATURAL DA BABOSA
Mas, se você não tiver acesso ao gel de babosa, outra alternativa é o tratamento com óleos naturais da babosa. O óleo tem a vantagem de ser adicionado a máscara capilar, no caso do seu uso como hidratação. Ele vai potencializar a máscara.  E no cuidado da pele, ser massageado diretamente no rosto com as mãos.
No caso do óleo, ter o cuidado de adquirir um óleo 100% natural, isento de parabenos, conservantes e perfumes. Extraído a frio e envasado em vidro âmbar, ou protegido exteriormente, assim protegendo da luz solar. Os óleos naturais perdem seus princípios ativos quando expostos a iluminação.

http://vidaesaudenatural.com.br
Reações:

Um comentário:

  1. Não cheguei a ler, mas conheço o quanto ela é benéfica tanto para pele, como os cabelos..os cabelos, então ! Uma beleza. Bjs

    ResponderExcluir

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).