sexta-feira, 27 de maio de 2016

Dois médicos mostram como prevenir e reverter a doença cardiovascular



Atualmente a doença cardiovascular  é a nossa principal causa de morte e de deficiência, quantas pessoas conhece que sofreram enfartes, que passaram pela cirurgia do bypass, que têm AVC, que sofrem com a angina de peito? Parece uma epidemia, pois se não é o vizinho da direita, é o da esquerda, se não é a mãe, é a sogra, enfim este problema de obstrução à circulação sanguínea  está em todas as famílias.
Todas estas pessoas têm medico de família, fazem exames, controlam valores e são medicados para o colesterol ( o grande entupidor das artérias), para hipertensão e para todos os sintomas que possam vir a surgir, mas o que não se está à espera acontece, surge o entupimento, vem a dor e chama-se o 112, porque o sangue não passa e não vai onde tinha de ir e células morrem e órgãos ficam lesados.
Nos anos 90, um medico americano apercebeu-se desta situação e com os próprios doentes estudou e conseguiu descobrir como reverter a doença cardiovascular.
Foi o Dr. Dean Ornish, que tem um programa cientificamente validado que reverte a doença cardíaca.
Interessado em saber a formula?
É muito simples, assim como tudo o que é importante para nós.
É um programa de recuperação que assenta em 4 pilares:
- a nutrição
- o exercício
- controlo do stress
- amor ou o apoio da família / sociedade
Este medico e seus pacientes mostraram que a dieta que reverte o entupimento das artérias e veias é uma dieta vegetariana, sem nada de origem animal.
Os pacientes que seguiam a dieta tinham uma redução de 91% nos ataques de angina de peito, ou seja conseguiam uma esperança e uma qualidade de vida  acima dos pacientes que tinham feito a cirurgia do Bypass coronario.
Também recomendava exercícios moderados como o caminhar, e controlo das situações de stress.
O Dr. Esselstyn foi outro medico que  conseguiu melhorar a sua própria angina de peito assim como a dos seus pacientes, com uma dieta baseada em vegetais, por isso pode-se dizer que a dieta, ou melhor aquilo que se come é que agrava ou alivia a doença.
Se você já tem ou é um candidato a ter doença cardiovascular, pense seriamente e caso escolha se curar, tem de deixar de comer tudo o que é de origem animal, assim como tudo aquilo que é produzido pela industria alimentar, e passe a escolher alimentos naturais, alimentos que sempre houve e que a Terra dá para nós comermos, ou seja coma alimentos e não imitação de alimentos.
Deve estar a perguntar-se: " mas tenho de ser totalmente vegetariano? E o churrasco?...o entrecosto? o bacalhau à Brás? "
Fomos habituados a este tipo de alimentação, e nossas papilas gustativas estão domesticadas a estes sabores, mas se queremos não ter ou curar a doença cardiovascular que tem variadíssimos sintomas e problemas, temos mesmo de abandonar tudo o que é de origem animal, e saiba que não lhe faz falta.
Pense nisto...
Sabia que as artérias de um vegetariano dilatam quatro vezes mais do que as de um omnívoro? Logo os vegetarianos nunca vão ter a tensão arterial muito alta, salvo raras exceções, como deficiência de alguns nutrientes.

Os dois médicos indicados acima comprovaram que uma boa dieta vegetariana feita por um ano limpa as artérias, coisa que nenhum medicamento faz.
Mas, se isto é tão miraculoso em resolver, porque não é mais adotado? Porque mais médicos ou especialistas não falam?
Veja que a mudança não é fácil, o que o doente quer e vai à procura é de uma formula miraculosa que lhe resolva o problema, ele não quer mudar, quer tomar um comprimido, mas ao mesmo tempo quer sentar-se á mesa e fazer o que sempre fez, e isto não é possível, é somente remendável por um tempo, ou seja vai-se controlando com os medicamentos, mas a torneira que causa a doença está aberta e mais cedo ou mais tarde, vai-se dar-se algo, e não é por má sorte, nem mesmo pela genética, porque para esta se manifestar você teve que lhe dar as condições, logo o poder está em nós, cabe a nós acatar ou não.
No entanto, penso que era extremamente importante e honesto que as Associações ou Fundações de Cardiologia olhassem para estes dados e pesquizas feitas por colegas médicos, e que dessem a oportunidade aos doentes de escolher se queriam mudar o estilo de vida ou tomar comprimidos, mas as possibilidades que se conhecem de reverter este problema era  apresentada aos doentes, e eles fariam  a sua escolha.

Vou terminar, dizendo a vocês o mesmo que digo a mim: " A Natureza deu-nos o poder de fazermos por nós, cabe a nós querer."
http://casadasaudenatural.blogspot.com.br/search?updated-max=2016-01-08T08:01:00-08:00&max-results=7&start=7&by-date=false
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).