segunda-feira, 5 de junho de 2017

QUINOA: O cereal do séc. XXI


No Altiplano Boliviano, a 3.800 metros acima do nível do mar, num deserto de 12.500 Km.2, onde o frio no inverno chega a 30 graus negativos, é cultivada a Quinoa ou Quinua Real (Chenopodium quinoa W.) ou ainda o "Grão Sagrado" dos Incas.
Este cereal era a base da alimentação dos Incas juntamente com a batata e o milho.
Estudos científicos revelam que este alimento é completo, visto que seu perfil aminoacídico mostra que todos os aminoácidos não-essenciais e essenciais (aqueles que não conseguimos sintetizar) estão em adequada proporção, e ainda possui vitaminas, minerais e fibras.
Apontado pela Academia de Ciências dos Estados Unidos como o melhor alimento de origem vegetal para o consumo humano, a NASA selecionou o grão para para integrar a dieta dos astronautas em voos espaciais de longa duração, por seu extraordinário valor nutritivo, comparável apenas ao leite materno.
Para a Quinua Real o índice 75 significa que, a cada 100 gramas de proteínas ingeridas, 75 são assimiladas. Esse número é considerado alto se comparamos com a carne (60), o leite (72), o trigo (60) e o milho (44). O sabor é leve, semelhante à soja e a cada dia conquista maior espaço na mesa dos brasileiros. É um alimento indicado para todas as faixas etárias.
Na década de 80, a EMBRAPA, iniciou as pesquisas com este cereal no Brasil tendo ótimos resultados. Dentre eles, destaca-se que o Brasil tem excelentes condições para produção da Quinoa. Pesquisas realizadas na Universidade de São Paulo pelo Departamento de Nutrição, em parceria com a EMBRAPA, comparando a quinoa andina com a produzida aqui, comprovaram um perfil de proteínas de 90% em ambas. A quinoa brasileira contém mais fibras - 13% contra 8,5% da andina.
Outro estudo, ainda não concluído, aponta indícios para a presença de fitoestrógenos - substâncias naturais que imitariam a ação de certos hormônios, ajudando a combater os sinais da menopausa.
Podemos destacar ainda que a Quinoa não contém glúten, uma ótima notícia para pessoas acometidas da Doença Celíaca (intolerânica permanente ao glúten).

Onde encontrar?

A aquisição deste grão é fácil. Encontra-se em lojas especializadas de produtos naturais e também em supermercados. Pode-se adquirir sob a forma de grão, farinha ou flocos.

Como consumir a Quinoa?

O grão, que é a forma de mais fácil aquisição, pode ser utilizado de várias maneiras: cozido e temperado como salada, cozido como arroz, utilizado no preparo de sopas, tabules, pudins, como recheio de canelone, tomate, batata, etc.
A farinha pode ser utilizada para preparação de mingau, nhoque, pão, bolos, tortas, quiche, etc.
Os flocos podem ser misturados à uma salada de frutas ou ainda fazer uma sopa.

Tabela do Valor Nutricional (em 100 gramas de produto) Aminoácidos (AA): Perfil de AA: %AA/100gr de proteínas:
Aminoácidos QUINUA Trigo Leite
Histidina * 4.6 1.7 1.7
Isoleucina * 7.0 3.3 4.8
Leucina * 7.3 5.8 7.3
Lisina* 8.4 2.2 5.6
Metionina* 5.5 2.1 2.1
Fenilalanina* 5.3 4.2 3.7
Treonina* 5.7 2.7 3.1
Triptofano* 1.2 1.0 1.0
Valina* 7.6 3.6 4.7
Ácido Aspártico 8.6 - -
Ácido Glutámico 16.2 - -
Cisterina 7.0 - -
Serina 4.8 - -
Tirosina 6.7 - -
Argina* 7.4 3.6 2.8
Prolina 3.5 - -
Alanina 4.7 3.7 3.3
Glicina 5.2 3.9 2.0
* Aminoácidos essenciais.
http://jordaonutricionista.blogspot.com.br/
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).