domingo, 9 de março de 2014

Sete maneiras de acabar com a alergia de forma natural

capa.jpg


Espirros, coceira no nariz, coriza, congestão nasal e tosse são sintomas bem conhecidos de quem sofre com alergias. Para combater o problema, muita gente anda com uma lista de medicamentos a tiracolo. Mas a especialista em medicina natural Michelle Schoffro Cook listou sete formas de combater as alergias sem apelar para remédios.
1. Água
agua.jpg
 

Michelle sugere que os alérgicos bebam de oito a 10 copos de água por dia para reforçar os sistemas de limpeza natural do organismo. “Pesquisas mostram que estar bem hidratado ajuda 38% das mulheres a aliviarem os sintomas da alergia”. A especialista, que listou todas as referencias de estudo em seu livro Allergy-Proof, acredita que o mesmo aconteça com os homens. “Portanto, beba”.
2. Chá verde
cha.jpg

O chá verde possui um fitonutriente antioxidante poderoso chamado epigalocatequina-galato (EGCG), que bloqueia a histamina e imunoglobulina E (IgE). Essas duas substâncias naturais estão relacionadas com os sintomas desconfortáveis das alergias. Como o EGCG bloqueia essa produção, os sintomas alérgicos diminuem, diz Michelle.
Para quem não gosta do sabor da bebida, a médica sugere o uso do matchá, que é a versão em pó do chá verde e pode ser adicionado em sucos, saladas de fruta e outras bebidas que não contenham lactose, já que a substância pode agravar alergias. Michelle sugere a ingestão de duas a três xícaras de chá verde por dia.
3. Quercetina
maca.jpg

A quercetina é um flavonóide natural que possui diversas propriedades farmacológicas, como antialergênica, antioxidante e anti-inflamatória. “A quercetina possui uma grande capacidade de reduzir os sintomas de alergia e melhorar a função pulmonar”, diz Michelle. A substância pode ser encontrada em alimentos como maçãs, bagas, cebolas, repolho, couve-flor, nozes e chás preto, verde e branco.
A médica ainda informa que alguns estudos já comprovaram que pessoas que comem muita maçã melhoraram suas funções pulmonares e reduziram os riscos de doenças relacionadas a esse órgão.
4. Chá de urtiga
urtiga.jpg

Algumas pessoas podem até se espantar com essa recomendação da especialista, mas ela garante que a urtiga pode ser uma aliada no combate aos sintomas da alergia. “Os nativos americanos já usavam urtigas por milhares de anos para tratar diversos problemas de saúde, incluindo alergias”, diz.
A ciência também já provou o que esses povos já sabiam por experiência, afirma a escritora. Ao contrário de fármacos, que podem causar problemas cardíacos ou sonolência, as urtigas não têm efeitos colaterais e podem ser ingeridas em forma de chá, cápsula ou gotas.
5. Enzima de abacaxi
abacaxi.jpg
Foto: Sxc.hu 

A bromelina é uma enzima extraída do abacaxi que, quando ingerida com o estômago vazio, trata sinusite, bronquite, pneumonia e outros problemas respiratórios, diz a médica. A substância ainda atua como anti-inflamatório e reduz o edema pulmonar. Michelle recomenda uma ou duas cápsulas de 5.000 mcu ingeridas com estômago vazio três vezes ao dia.
6. Homeopatia com Allium cepa
homeopatia.jpg

Pessoas que costumam sentir os sintomas alérgicos especialmente em ambientes fechados, durante a noite ou em locais quentes, e que ficam com olhos vermelhos e ardentes e corrimento nasal, podem obter grande ajuda com a Allium cepa, diz Michelle. “Deixe três pastilhas dissolverem debaixo da língua a cada 15 minutos durante a primeira hora ou duas. Em seguida, tomar três pastilhas, três vezes ao dia”, sugere.
7. Limpeza nasal com solução salina
netipot.jpg


Por fim, a médica recomenda a limpeza nasal com solução salina. Pequenas canecas cerâmicas disponíveis em lojas de produtos naturais auxiliam a liberar os seios nasais com a ajuda de uma solução de água salgada. Por possuir uma composição semelhante a das lágrimas naturais, a solução salina passa através das passagens nasais e leva consigo a sujeira, bactérias, produtos químicos e outros irritantes. “Talvez você precise de um pouco de prática no início, mas essa é uma excelente forma de limpas e eliminar mucosas e micróbios”, diz a especialista.
Agora que já leu todas as dicas, consulte seu médico e veja se é possível tratar suas alergias de forma mais natural.

http://www.ecodesenvolvimento.org
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).