quarta-feira, 16 de abril de 2014

A Vitamina D pode reduzir o risco de Cancro em 90%

Imagem copiada net
Carole Baggerly é a fundadora da GrassrootsHealth, e sua missão é aumentar a Consciência das pessoas sobre o papel importantíssimo  da Vitamina D em muitos aspetos da Saúde.
Sua dedicação à Vitamina D surge através de sua própria experiencia pessoal, pois é sobrevivente de Cancro de mama e atribui em grande parte a sua cura à Vitamina D.

Tem-se concluído que a Vitamina D pode ajudar a prevenir mais de 16 tipos de cancro incluindo o de pâncreas, pulmão, ovário, mama, próstata e o próprio cancro de pele.
Níveis Modestos de Vitamina D pode Reduzir o Risco de Todos os Cancros em 77%
Esta maravilha, chamada Vitamina D tem demonstrado benefícios em muitas doenças incluindo doenças de coração, de diabetes, de Esclerose Múltipla e até reduzir a dor cronica. Mas, quando o assunto é cancro, esta vitamina é o seu pior inimigo.
A relação da deficiência de Vitamina D com o cancro está provada e confirmada em mais de 200 estudos epidemiológicos e a compreensão de sua base fisiológica assenta em mais de 2500 estudos de laboratório.
Poderia o Cancro de Mama Prevenir-se em 90%, só com a Vitamina D?
A vitamina D tem efeitos potentes quando se trata de cancro de mama, chega mesmo a ser descrito como "síndroma de deficiência de Vitamina D".
No entanto outros fatores do estilo de vida  também são importantes na prevenção do cancro, tais como a alimentação, o exercício, o sono e o controlo do stress.
A Vitamina D pode desfazer as Células do Cancro de Mama
O Dr. Cedric F. Garlend da Universidade de San Diego California é um epidemiólogo que tem relacionado os pontos entre a deficiência de vitamina D  e o cancro.
Segundo Garland, a Vitamina D afeta a estrutura das células epiteliais.  Estas células mantêm-se unidas por uma substancia similar à E-cadherina que proporciona a estrutura da célula. A E-cadherina se compõem essencialmente de Vitamina D e cálcio.
Se não tivermos vitamina D suficiente, a estrutura se separa e essas células ao tentarem sobreviver, saem e se multiplicam. Se este processo de crescimento (proliferação celular) sai do controle, pode surgir cancro.
Também no caso de já ter cancro de mama, a adição de vitamina D pode ajudar a deter as células do cancro, mediante esta reposição de E-cadherina. Uma vez que o crescimento do cancro se torna mais lento, nosso sistema imunológico pode agir.
Esta teoria tem o nome de DINOMIT, e quem a defende é o Dr. Garland que a tem justificado com vários estudos inclusive de outros investigadores.
Como obter Vitamina D?
Da forma mais simples possível, simplesmente através da exposição solar. Convém apanhar SOL, 20 minutos diários e ter seu corpo 40 % descoberto.
Esta semana tem estado um sol maravilhoso e com este poste recordei, que não só tenho de comer frutas, vegetais e sementes como de apanhar sol, por isso vou arregaçar as mangas, subir as calças e apanhar 20 minutos de sol...ai se vou...
Para entender melhor, veja o video...
casadasaudenatural.blogspot.com.b

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).