sábado, 19 de abril de 2014

Seu filho enjoa ao andar de carro. O que fazer?

imagem copiada net
Lembro-me dos tempos em que minha filha era pequena, e tinha de ir sempre com a cabeça fora do carro, ou comigo a fazer festas para a adormecer, porque andar de carro era um problema - ela vomitava sempre.
Um dia o colégio onde estava fez uma viagem até à linda Serra da Estrela e ao museu do pão em Seia, com muita tristeza minha, ela não foi, tive medo que vomitasse na viagem.
Se fosse hoje, seria diferente, porque tomei conhecimento sobre uma raiz que resolve o problema na hora.

imagem copiada net
Gengibre - uma raiz rica em gingerol que atua sobre os músculos gastrointestinais  e alivia os enjoos e as náuseas.
Basta cortar 2 ou 3 rodelas de raiz, que se vende em qualquer supermercado português, ferver num pouco de agua e ir dando à criança ou ao adulto que sofrer deste problema.
Hoje, minha filha enjoa muito menos, mas também leva sempre consigo 3 rodelas de gengibre sem pele enroladas em pelicula; Numa viagem ás caves do Vinho do Porto, disse-me que a meio começou a enjoar e colocou na boca uma rodela, trincou, engoliu o suco e deitou fora o restante; contou-me que foi impressionante pois passou imediatamente.
Esta também pode ser uma boa opção para quem está gravida e tem enjoo, visto o gengibre ter-se mostrado seguro; parece é que o resultado não é tão bom, ou seja há casos em que a gravida sente-se realmente melhor e noutros não.
Como usar?
- Ferver ( não no microondas) por 5 minutos 3 rodelas de raiz de gengibre sem pele num copo de agua. Pode aromatizar com uma casca de limão ou laranja.
- Cortar uma rodela de gengibre, tirar a pele e colocar na boca tipo rebuçado; pode engolir o suco.


A Natureza é assim, ajuda-nos em tudo...
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).