segunda-feira, 5 de junho de 2017

Você sabia que ao aplicar um filtro solar fator (FPS) 15 reduz em 98% a produção da vitamina “D”

Resultado de imagem para protetor solar



Como há muita discursão em torno desse assunto, vou sintetizar algumas informações para que você pesquise e veja o que realente a mídia e a falta de interesse da classe médica, associado ao estrondoso ganho da Indústria Farmacêutica está causando a pandemia de hipovitaminose “D” na população mundial. 

Desde da Revolução Industrial estamos vivendo num confinamento com o crescimento das cidades e da população; ruas com pouca iluminação solar e poluição impedindo a chegada dos raios UVB.
Resultado de imagem para nascer do sol
A mídia faz o seu trabalho intensificado mostrando o quanto é ruim receber os raios solares, recomendando que antes de sair de casa, não importando o horário, utilize o protetor solar.

Crianças e idosos que deveriam tomar mais sol, também são poupados com a utilização de protetores e roupas especiais com proteção dos raios UVB.

Desde da descoberta do raquitismo que foi amplamente trata com o banho de sol, estudos são feitos para saber qual a importância do SOL  na saúde.

A vitamina “”D” que não é vitamina e sim um hormônio que produzimos na pele pelo estímulo dos raios do sol UVB sem protetor solar,  é distribuído pelo sangue para todas as células do corpo e após algumas mudanças bioquímicas se transforma na forma ativa que irá se ligar a um receptor específico que vai agir no DNA ligando e desligando genes (se relaciona direta ou indiretamente com a expressão de mais de 2 mil genes), regulando assim o funcionamento de nosso organismo, evitando os sintomas das doenças.
Hoje sabe se que o hormônio “D” não beneficia apenas os ossos, mas também as doenças cardiovasculares e infecciosas (como a tuberculose, diabetes, autismo e doenças autoimunes (psoríase, artrite reumatoide, lúpus, entre outras) estão relacionadas à hipovitaminose D . Acredita-se que o hormônio “D” equilibrado pode retardar ou ajudar a evitar o aparecimento de Alzheimer e outras doenças degenerativas, aliviar a asma, evitar demência, esquizofrenia, bipolaridade e reduzindo os riscos de impotência sexual.
Pesquisas realizadas pelo mundo:
Um estudo realizado em 2013 pela Universidade de Oxford mostra que na história recente do Irã, o Aiatolá Khomeini tomou o poder, em 1979, e obrigou as mulheres a usarem trajes tradicionais, conhecido como Burca, que cobrem quase todo o corpo, isso teve um efeito sobre a saúde imediato e fortíssimo. Entre 1989 e 2006, o número de casos de esclerose múltipla cresceu 800% no país.
Em 2010, foi feito um estudo pela USP no qual constatou que 77,4% dos paulistanos apresentam deficiência de vitamina D durante o inverno e no verão o número cai, mas continua altíssimo: 37,3%. Em Pequim, o problema afeta 89% das adolescentes e 48% dos idosos. Na Índia, 84% das grávidas e assustadores 96% dos bebês. Nos Estados Unidos, 29% dos adultos.
O consumo de protetor solar, aqui no Brasil, sextuplicou em menos de 15 anos, isso graças a mídia poderosa e a falta de informação pela classe médica
Você sabia que ao aplicar um filtro solar fator (FPS) 15 reduz em 98% a produção dessa vitamina. Imaginou o que acontece quando é aplicado o fator 50?.
Resultado de imagem para COLONIA DE PESCADORES RECIFEEstudo da Faculdade de Medicina da USP comprova que o sol nem sempre causa câncer de pele - e é possível que uma exposição contínua (vários anos) e prolongada (muitas horas) possa ajudar na prevenção da doença. É o que sugere a pesquisa Efeitos da radiação solar crônica e prolongada sobre o sistema imunológico de pescadores do Recife, da dermatologista Sarita Martins, que analisou uma colônia de pescadores em Brasília Teimosa, bairro de Pina, em Recife, Pernambuco. Dos 20 pescadores estudados, todos apresentavam células de proteção natural aos efeitos da radiação ultravioleta do sol.

Queria estudar os efeitos do sol intenso em pessoas que ficam expostas por um período longo de tempo", explica a pesquisadora. "Escolhi a profissão que considerei mais vulnerável ao sol, que são os pescadores, e achei que encontraria um número expressivo de casos de câncer de pele". No entanto, ela não encontrou nenhum caso de câncer de pele ou mesmo de lesão pré-cancerosa. Na realidade, apesar das 12 horas diárias de exposição direta ao sol sem uso de proteção solar de qualquer tipo, eles não se queixavam de queimaduras, bolhas ou outro tipo de lesões na pele."

Texto:Nailakita
Fonte: Agência USP

Atenção: Este texto é apenas informativo., não havendo nenhuma intenção de intervir nos conselhos e prescrições médicas e sim trazer conhecimentos.
Faça bom uso dessas informações . Pesquise e tire suas conclusões
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).