segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Estudos Recentes comprovam que Vitamina D previne doenças cardíacas e câncer!

Breast-Cancer-VitD-300x220

Olá amigos, hoje serei breve e acredito que muitos darão “graças a deus”, pois meus textos são realmente longos e detalhados geralmente. Meus amigos pessoais frequentemente pedem para que eu resuma as informações, mas o que realmente não entendem é que tenho muitas pessoas que estão passando pelos problemas sobre os quais escrevo, além de médicos e estudantes de medicina que me acompanham, e estes necessitam de mais detalhes e de saber os motivos pelos quais muito do que têm como verdade podem não ser bem “assim”…
Bom, mas vamos ao tema sobre o qual já escrevi um artigo inteiro explicando tudo e mais um pouco: Vitamina D. Vou colocar abaixo 2 referências de estudos científicos recentes sobre a importância deste hormônio (sim, vitamina D não é mais considerada vitamina, mas um hormônio fundamental importantíssimo, apesar da maioria de vocês ainda não saberem infelizmente):

Bom, o estudo é deste mesmo mês agora, outubro de 2012 e em resumo, COMPROVA que pessoas com deficiência de Vitamina D têm 40% mais de risco de doenças cardiovasculares do que aquelas que não têm.
E agora lhes pergunto, quando você ouvirá na mídia algum “professor” falar sobre isto? Quando será orientado a simplesmente se expor ao sol, ou buscar um médico que saiba fazer suplementação deste hormônio que com toda certeza é muito mais barato do que qualquer outra medicação para tratar problemas do coração? A quem interessa que vocês saibam disto e consigam prevenir infarto por exemplo?
Acredito que não preciso responder a estas questões, pois fica muito claro que você provavelmente nunca será orientado a isto por ninguém. Lastimável, pois isto é que acredito ser verdadeira medicina de busca da qualidade de vida das pessoas, isto é prevenção. Estatisticamente, entre um estudo ser aprovado e aceito pela comunidade científica mundial, e o mesmo conhecimento chegar à aplicação do médico em seus pacientes, existe uma janela de 17 anos! Ou seja, será que em 17 anos você saberá que poderia evitar doenças cardíacas com a suplementação de Vitamina D? (e lembro a vocês que esta vitamina nada tem que ver com aquela acrescentada no leite, que aliás é um péssimo alimento)
Pois bem, de uma coisa tenho certeza: se a descoberta deste estudo fosse a respeito de uma medicação nova para tratar doenças cardíacas, amanhã vocês já saberiam com absoluta certeza!
Sem mais nem estímulo para escrever a respeito, tal a tristeza que me dá em saber que existem bilhões de pessoas passando ao largo da oportunidade de ter suas vidas melhoradas com a simples exposição ao sol adequadamente, ou mesmo suplementação de uma vitamina (a qual eu próprio já faço em mim mesmo há muito tempo), vamos ao próximo estudo.
Este estudo também recente, note que já foi realizado e publicado em 2009, comprova que Vitamina D é SIM comprovadamente previne câncer! Vamos ao resumo e conclusão: “Projeta-se que mantendo-se níveis adequados de vitamina D corporal, previniríamos aproximadamente 58 mil novos casos de câncer de mama e 49 mil novos casos de câncer colorretal a cada ano, e ainda 3/4 das mortes por estas doenças nos Estados Unidos e Canadá, …”
E agora lhes pergunto: fazer exames periódicos e tentar detectar precocemente se você está ou não com câncer, adianta alguma coisa no sentido da prevenção, ou seja, de não desenvolver câncer? Isto é que a medicina chama de prevenção?
Queridos amigos, prevenção não é diagnóstico precoce, isto é prevenção da morte pelo câncer, pois aqui sim está uma ótima forma de se prevenir de fato a EXISTÊNCIA de câncer de mama e de intestino, que é fazendo suplementação de vitamina D.
E o pior de tudo é que atualmente existe toda uma discussão na medicina brasileira, a respeito de proibir a suplementação de vitaminas (e hormônios), pois não existem evidências de que possam trazer benefícios. O que mais falta para que isto seja comprovado? Trouxe a vocês simplesmente 2 das centenas de estudos, milhares na realidade, mas me parece que tem faltado disposição para que estudos a respeito de substâncias naturais sejam sequer lidos, enquanto não tenho dúvidas de que todos aqueles que são patrocinados pela indústria farmacêutica, têm grande facilidade em ser aceitos e promovidos.
Somente para você lembrar o que vivo escrevendo aqui: Vitamina D, bem como tudo que existe já na natureza e em seu corpo, não é passível de ser patenteada, portanto nenhum laboratório grande produzirá, uma vez que vivem de patentes de drogas… Acessem o link do artigo que escrevi completo sobre a vitamina D, onde coloco todas as explicações de tudo que ela é capaz de fazer e de como aproveitá-la.
Amigos pessoais, vibrem, pois vou terminar por aqui, tal é minha inconformação com a dificuldade que enfrentamos por buscar a verdade com todos os obstáculos que a corrupção nos impõe dentro deste país!
Terminarei contando uma história e dando um exemplo muito parecido com este, onde tenho certeza que servirá para abrir suas mentes:
Em meados de 1595 o mundo vivia um problema que ocorria com os tripulantes de embarcações. Marinheiros estavam morrendo de uma doença silenciosa e a princípio, sem causa conhecida. Em 1601 o Capitão James Lancaster deu uma colher de chá de limão por dia para metade de sua tripulação. Resultado foi que nos que tomaram, ninguém morreu. Na outra metade que não tomou, a mortalidade foi de 40% durante a viagem. Ele divulgou isto, mas… Em 1753, James Lind, um médico de navio, publicou um estudo comparando seis abordagens diferentes para prevenção e tratamento da doença, agora já conhecida, Escorbuto, mas… Só em 1865, a prática de prevenção de escorbuto foi finalmente implementada: ingestão de vitamina C, que independe de remédios e pode ser alcançada com um simples limão! Agora reparem o tamanho do absurdo, pois levou 261 anos para que as pessoas aceitassem que escorbuto, doença que ocorre por deficiência de Vitamina C e leva a morte, pode ser prevenida e tratada naturalmente com um simples limão! Pois é queridos, limão é barato e vitamina C não pode ser patenteada. Agora imaginem vocês se o tratamento do Escorbuo fosse através de alguma droga ou vacina, quão rápida seria sua aprvação?

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).